sábado, 10 de junho de 2017

O TSE acabou. O STF e a justiça brasileira estão a caminho.

Embora hoje seja um dia muito triste para o pais, como não sou uma pessoa fanática e partidariamente nem apaixonada nem odiosa, vou esclarecer calmamente o que eu penso em relação à política, aos partidos e à corrupção.

Existem dois tipos de correntes contrárias aos petistas:

A primeira dos que odeiam Lula, Dilma e todos petistas. Querem vê-los todos mortos e são contra tudo aquilo que eles são a favor e até do "rouba, mas faz", arrumando todos os argumentos possíveis para justificar suas frágeis convicções. Exatamente como fez hoje o digníssimo, modesto e equilibradíssimo Gilmar Mendes em seu voto que até as pedras já sabiam, como ele mesmo costuma dizer. Enfim, nada os diferencia daqueles que eles combatem, exceto o lado que ficam nas arquibancadas do Coliseu apontando seus polegares para baixo.
A segunda dos que não gostam de Lula, Dilma, do PT e de qualquer outro político ou partido que tenha roubado, ajudado a roubar ou até ignorado esses roubos e desvios de dinheiro público, estimado em 4 trilhões de reais (aproximadamente e por enquanto), equivalentes à nossa dívida interna + externa, responsáveis por milhões de pessoas desempregadas, mortas nas filas do SUS, nas ruas por falta de segurança e pelos jovens que não tiveram direito à educação e são aliciados pelo crime.

Eu pertenço à segunda corrente. Não me verão defendendo bandidos, ladrões do dinheiro público seja por qual motivo for. Para mim, todo ladrão deve ir pra cadeia e cumprir sua pena, deve ser afastado da sociedade e eliminado da vida política. Não divido ladrões em classes como liberalistas, progressistas ou ditadores. O que definirá a gravidade do crime será a dosimetria da pena. Que são criminosos não se discute. Não há dúvida nenhuma.

A mim não importa se o dólar ou as ações irão subir ou cair em função dessas prisões ou do impeachment de um presidente da república eleito com dinheiro roubado, tenha ele culpa direta ou sido enganado por sua equipe de campanha. A mim não importa manter meu negócio ou minha empresa às custas do sangue de idosos e crianças. Às custas da miséria de um povo que paga impostos escorchantes para sustentar PARTE de uma classe política desonesta e de funcionários públicos sem caráter.

Gostaria de poder desenhar, mas tenho certeza de que meus amigos e seguidores são inteligentes o suficiente para entender, mesmo porque sou horrível pra fazer ilustrações.

Posts mais populares