quinta-feira, 10 de maio de 2012

Lealdade e fidelidade são a mesma coisa?

Muitos confundem os conceitos de fidelidade e lealdade humanas, palavras parecidas, mas com significados bem diferentes. Na linguagem popular, ambas ganharam erradamente alguns sinônimos vulgares como bajulação, adulação, submissão entre outros, mas na verdade esses adjetivos são rótulos de observadores invejosos ou que se sentem prejudicados. Fidelidade e lealdade têm etimologia distinta, significados semelhantes e diferenças sutis. A lealdade contém, enquanto a fidelidade está contida nesta primeira.

Resumidamente, fidelidade significa cumprir um acordo negociado entre duas partes. Já a lealdade não exige acordos explícitos ou convenções, sendo a pessoa responsável em manter sua conduta por meio de regras próprias estabelecidas naturalmente pelo seu caráter e senso de dignidade.

Pessoas podem ser fiéis, mas não serem leais. Fiéis são aquelas que apenas se preocupam em não deixar de cumprir a promessa, mas muitas vezes desenvolvem estratégias para dissolver o acordado e não serem apanhadas na infidelidade de fato. Foram fiéis ao que foi negociado, mas desleais na conduta  por outros interesses.

Enfim, é muito mais fácil ser fiel do que leal. Lealdade é para poucos.

Nenhum comentário: